Polícia Civil faz operação no centro do município verificando denúncias de tráfico de drogas

Publicado: 24/07/2014 às 18:53:26

►Santa Rosa do Sul

 

Nesta quinta-feira, 24 de julho, as 14horas, policiais civis da Delegacia da comarca de Santa Rosa do sul, juntamente com representantes do Conselho Tutelar, sob o comando do Delegado Ari José Soto Riva, cumpriram mandado de busca expedido pela justiça, em uma locadora, localizada em frente a um colégio, no centro do Município. As buscas foram feitas em razão de denúncias de que estaria ocorrendo tráfico de drogas no referido estabelecimento comercial. Informações davam conta de que dois adolescentes, de treze anos de idade, haviam comprado maconha na locadora e utilizado a droga no interior de uma escola pública. Segundo o Delegado Riva, há um inquérito policial instaurado, para verificar se as informações procedem, sendo que nos próximos dias serão ouvidas várias pessoas. Durante as buscas não foi encontrado droga.  

 

Esse tipo de trabalho tem um cunho também preventivo, a fim de se evitar que novos jovens acabam ingressando no mundo das drogas, o que causa um mal muitas vezes irreparável às pessoas. 

 

A Polícia civil tem feito a sua parte nessa questão, sendo que desde que chegamos na Delegacia da Comarca, que também tem comando sobre os Municípios de São João do Sul, Praia Grande e Passo de Torres, muitas pessoas foram presas por estarem traficando drogas.  Atividades preventivas também são feitas rotineiramente nos estabelecimentos de ensino, com exibição de drogas e armas aos jovens, o que tem causado um resultado bastante positivo, diz o Delegado Riva.   

 
Ver notícia

Outras Notícias

Polícia Civil de Araranguá cumpre dois mandados de prisão

Polícia Civil de Araranguá cumpre dois mandados de prisão

24/07/2014 às 19:37:24

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Araranguá, cumpriu dois mandados de prisão – em desfavor de Valdo Andre Teixeira Lisboa, de 43 anos, e Santos Apolinário Pereira, de 66 anos – hoje, 24, nesta cidade.     Lisboa, natural de Canoas/RS, foi condenado definitivamente, com pena a ser cumprida em regime semiaberto, pelo crime de violação de direitos autorais. O mandado de prisão dele foi expedido no dia 22 de abril deste ano, pelo juízo da 1.ª Vara Criminal de Araranguá.     Já Pereira tinha mandado de prisão ativo expedido pelo Juízo da 2.ª Vara Criminal de Araranguá, pela revogação da prisão domiciliar. Ele foi condenado pela prática de estupro de vulnerável e, após cumprir parte da pena, foi beneficiado com a prisão domiciliar, revogada no último dia 16.  
Polícia Civil prende condenado por tráfico de drogas no Sul de SC

Polícia Civil prende condenado por tráfico de drogas no Sul de SC

23/07/2014 às 17:16:56

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Araranguá, cumpriu mandado de prisão em desfavor de Sidnei Borges Vieira, vulgo "Neizão", de 45 anos, nesta quarta-feira, 23, em Araranguá.   Vieira foi condenado a pena de 5 anos e 10 meses de reclusão por tráfico de drogas, prisão em flagrante efetuada pelos agentes da DIC no ano de 2010. Nesta ocasião, os agentes encontraram na casa do condenado aproximadamente 50 gramas de cocaína embaladas para a venda. O delegado Jorge Giraldi acrescenta que Vieira já tinha uma condenação anterior pelo mesmo  delito. 

"Kit aquecimento'' é entregue a famílias de Sombrio

23/07/2014 às 17:09:00

O Governo do Município de Sombrio iniciou na tarde desta quarta-feira, na secretaria de assistência social, a entrega do chamado "kit aquecimento", para famílias carentes cadastradas no Cadastro Único da secretaria. Pais, mães e crianças foram recebidos com um café da tarde e acompanharam a entrega que chegará a um total de 100 kits, contendo colchão, travesseiro e cobertor. No primeiro dia, 24 famílias já receberam o benefício. Mesmo sem um frio rigoroso no inverno atual, em decorrência do fenômeno El Niño, as famílias que foram receber o kit afirmavam precisar dos materiais entregues. "Precisava exatamente de um colchão, para o meu filho do meio, assim como o cobertor e o travesseiro, e não tinha condições de comprar, agora todos poderão dormir separadamente, com mais conforto e sem passar frio", disse Tatiana Barbosa Florentino, auxiliar de serviços gerais, que sustenta uma casa com três filhos e um irmão, na Cohab do bairro São Luiz. Para a diretora de assistência social, Talita Silveira Barrin, a ação traz melhores condições de vida às famílias necessitadas. "Não temos um frio forte, mas mesmo assim recebemos famílias aqui que tinham crianças dormindo no chão, às vezes só com um lençol, ou dividindo cama de solteiro com irmãos, e esse kit ameniza um pouco este sofrimento que também é uma questão de saúde pública", salienta. Na próxima semana os bairros receberão os kits, com entrega em pontos pré-determinados e com aviso feito pelas assistentes sociais. Também na secretaria, há uma semana, foram entregues roupas arrecadadas em campanhas sociais para famílias do Cad único.
Sombriense sangue bom

Sombriense sangue bom

23/07/2014 às 10:47:07

Hemosc vem pela segunda vez este ano em Sombrio para repetir sucesso da primeira   Nesta quinta-feira, 24, durante todo o dia, o Hemosc de Criciúma estará novamente em Sombrio, mais precisamente na Unidade Básica de Saúde do Bairro Januária, fazendo a coleta de sangue doadores que forem ao local e se propuseram a colaborar com a causa. De acordo com os coordenadores do programa do Hemosc que faz esta coleta itinerante, Sombrio é um dos municípios que melhor dá resposta quando são feitas as visitas. A Secretária Municipal de Saúde, Gislane Dias da Cunha, lembra também que em 2014 o Hemosc já veio uma vez e ainda virá novamente em outro dia até o fim do ano. "Estamos oficialmente no calendário do Hemosc, três vezes por ano eles virão a Sombrio fazer a coleta de sangue de nossos doadores", afirma Gislane. O Prefeito, Zênio Cardoso, doador frequente, tanto na unidade em Criciúma, quanto em Sombrio, nas visitas da entidade, estará novamente fazendo sua doação e se diz orgulhoso de ver o município integrado ao calendário anual do Hemosc. "Saber que nossos munícipes conquistaram essa chance de receberem o Hemosc três vezes por ano dá orgulho, mas também confirma a ideia de que somos uma cidade do bem, com pessoas do bem, preocupadas com o próximo, mesmo sem saber quem receberá sua doação. Que o Hemosc seja bem vindo mais uma vez e que tenham seu banco de sangue reforçado por sangue bom sombriense."
Novos convênios do Fundam estão suspensos no período eleitoral

Novos convênios do Fundam estão suspensos no período eleitoral

23/07/2014 às 08:17:50

O Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam) prevê a destinação de R$ 600 milhões aos 295 municípios de Santa Catarina. Porém, no período eleitoral, o repasse dos recursos está suspenso a novos convênios, já que se trata de “recursos voluntários do governo do estado”. Até agora, foram assinados 298 convênios com 223 cidades. Cerca de R$ 160 milhões já foram repassados às prefeituras que concluíram licitação e emitiram ordem de serviço para obras ou compra de equipamentos. “Para os convênios assinados até 5 de julho e com obras já iniciadas, os repasses continuam de acordo com o cronograma dessas obras. Os demais convênios continuam em análise no BRDE, independente do período eleitoral”, explicou o secretário da Casa Civil, Nelson Serpa. “É importante dizer que todos os recursos estão garantidos e até o final do ano queremos finalizar todos os convênios”. O Fundam foi aprovado em 2013 na Assembleia Legislativa com a garantia do repasse de R$ 600 milhões a todas cidades catarinenses seguindo critérios de faixas populacionais. Ainda, os deputados puderam indicar projetos a receberem as verbas. “Os critérios são transparentes e não há discriminação”, garante o secretário da Casa Civil.  
Pescadores artesanais recebem indenização de R$ 65 milhões

Pescadores artesanais recebem indenização de R$ 65 milhões

22/07/2014 às 16:32:14

Acordo é o maior já registrado na história de Santa Catarina   Os pescadores artesanais do Norte de Santa Catarina receberam a indenização de R$ 65 milhões paga pela Norsul. O dinheiro foi repassado pelo escritório Pugliese e Gomes Advocacia no último sábado (19), em encontro na colônia de pescadores de Itapoá. A indenização é resultado de um processo que começou em janeiro de 2008, depois que uma barcaça carregada com 344 bobinas de aço afundou e ocasionou o vazamento de óleo na região da baía da Babitonga. Em junho deste ano, os advogados dos pescadores e a empresa se reuniram em audiência e optaram pelo acordo que beneficiou cerca de 2,5 mil pescadores artesanais – cada um recebeu cerca de R$ 15 mil.  O maior acordo da história de Santa Catarina – tanto na questão monetária quanto na de pessoas envolvidas – foi homologado no dia 1º de julho. A partir desta data, a empresa teve 10 dias para efetuar o depósito. “Este processo é um marco histórico na luta pela preservação da natureza. Certamente vai estimular as empresas a repensarem os modos de trabalho e como prevenir acidentes ecológicos. É um motivo para comemorar”, avalia o advogado.